Página inicial / Inglaterra / Brexit: Como anda a saída da Inglaterra da União Europeia?

Brexit: Como anda a saída da Inglaterra da União Europeia?

brexit

Se você acompanha um pouco o noticiário de política internacional, provavelmente já ouviu falar do Brexit, nome dado para a saída da Inglaterra da União Europeia, certo? Essa polêmica saída, que foi votada pela população local em um plebiscito aberto pelo governo, é um processo que não vai acontecer de um dia pro outro e, por isso, vários passos estão sendo dados de maneira cautelosa.

Nesse artigo, atualizamos você sobre como anda esse processo e como ele pode afetar a sua visita ou intercâmbio no país.

Mudança da data de saída

Inicialmente, a ruptura da relação entre Inglaterra e União Europeia aconteceria no dia 29 de Março de 2019. Entretanto, depois de muita negociação, ambas decidiram que seria melhor para a economia – e para as políticas locais – que essa saída acontecesse apenas em 31 de Dezembro de 2020.

Nesse período, portanto, a Inglaterra continuará obedecendo regras que se aplicam ao bloco Europeu e, por isso, nada muda de maneira radical para a população local e seus visitantes – apenas o fato de que o país perde direito de voto nas decisões tomadas para a União Europeia durante esse período de saída.

Imigrantes na transição

Todo imigrante que chega até a Inglaterra nesse período de transição, que dura até dia 31 de Dezembro de 2020, também terá seus direitos assegurados como qualquer outro cidadão inglês. Apesar dessa ser uma decisão muito contestada pela primeira ministra Theresa May, ela teve que aceitar a imposição feita pela União Europeia. Esse cuidado foi tomado para evitar incertezas e inseguranças para quem vive ou chega no país durante o período de mudanças de projetos políticos.

O que acontece com as Irlandas

A Irlanda do Norte, como você sabe, é território britânico junto com a Inglaterra, Escócia e País de Gales. Por isso, sua saída da União Europeia seria parte do processo do Brexit. Entretanto, exatamente por conta do fato da Irlanda não ser território britânico é que tudo se torna complicado.

Apesar de países completamente diferentes, Irlanda do Norte e Irlanda dividem território e algumas questões alfandegárias que foram acordadas para garantir a paz estabelecida entre os países em 1990. Com a saída da Irlanda do Norte da União Europeia, o livre traslado entre Irlandeses pode ser interrompido, o que traria muita tensão e insatisfação nessa região do globo.

O que vem sendo discutido para evitar esse problema é que Theresa May não levante uma barreira de fronteira entre os países, avaliando a possibilidade de manter a Irlanda do Norte no acordo europeu.

Negociações comerciais

As negociações comerciais feitas pela União Europeia não envolverão a Inglaterra nas decisões. Entretanto, o país está livre para fazer suas próprias negociações com outras nações nesse meio tempo. O Brasil, ao que tudo indica, é um dos candidatos a ganhar esse espaço comercial com a Inglaterra.

 

A saída da Inglaterra da União Europeia ainda é um assunto delicado e que vai levantar muitas questões até a data oficial do acontecimento. Por isso, nesse período de transição, nada muda para os interessados em visitar ou viver no país.

 

Tem a Inglaterra como seu destino de intercâmbio? Entre em contato com a gente e saiba mais sobre as oportunidades de estudo por lá!

 

Comentários

Sobre IntercâmbioDireto.com

Somos uma plataforma online que conecta estudantes e escolas no exterior sem taxa de agência, com suporte e assessoria grátis.

Checar também

Quanto-custa-intercâmbio-na-Inglaterra-de-6-meses?

Quanto custa intercâmbio na Inglaterra de 6 meses?

Então você está pensando em fazer um intercâmbio na Inglaterra de 6 meses!? Legal! Mas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *